OMEGA SISTEMAS
Brandão
superlotação

Superlotação faz Santa Casa restringir atendimentos e cancelar cirurgias eletivas, em Londrina

Hospital alega dificuldades financeiras por falta de repasses do poder público, além de falta de materiais. Procedimentos agendados estão suspensos a partir de segunda-feira (21).

19/10/2019 18h21
Por: Redação
Fonte: G1 PARANA
343
A Santa Casa disse que irá entrar em contato com os pacientes com cirurgias agendadas.
A Santa Casa disse que irá entrar em contato com os pacientes com cirurgias agendadas.

A Santa Casa de Londrina, na região norte do Paraná, restringiu atendimentos de urgência e emergência e suspendeu cirurgias eletivas após uma reunião nesta sexta-feira (18). De acordo com o hospital, a restrição é por tempo indeterminado.

Segundo a Santa Casa, há superlotação e faltam de materiais na instituição, uma vez que está atendendo acima da capacidade.

O hospital informou que tem 11 vagas para atender no pronto-socorro. Na última sexta-feira, chegou a atender 40 pacientes.

Quanto às cirurgias eletivas feitas por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), a Santa Casa disse que a suspensão passa a valer a partir desta segunda-feira (21).

A decisão de suspender os procedimentos foi tomada por conta de dificuldades financeiras causadas pela falta de repasse de verbas do poder público, segundo o hospital.

Conforme a Santa Casa, não há um levantamento de quantas cirurgias eletivas serão canceladas. O hospital informou ainda que a medida é importante para não prejudicar pessoas que já estão internadas.

A Santa Casa disse que irá entrar em contato com os pacientes com cirurgias agendadas.

Município

A restrição de atendimentos e cancelamento de cirurgias eletivas foi comunicada pela Santa Casa à Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a Prefeitura de Londrina, pacientes hospitalizados serão reavaliados e, dependendo do caso, serão remanejados para outras instituições da cidade ou transferidos para municípios da região de Londrina.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que o Governo Federal faz o repasse de R$ 4 milhões por mês ao hospital.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Pérola - PR
Atualizado às 07h15
23°
Muitas nuvens Máxima: 31° - Mínima: 22°
23°

Sensação

24.9 km/h

Vento

71.3%

Umidade

Fonte: Climatempo
Pérola
Rádio
Municípios
A Rádio
Últimas notícias
Mais lidas