Brandão
Outubro Rosa
OMEGA SISTEMAS
Cleptocracia

Nota de promotores detalha operações criminosas embasadas na prefeitura de Iporã

alvo da operação Cleptocracia, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO).

04/10/2019 17h30
Por: Redação
Fonte: Gazeta entre rios
198
Foram 40 mandados de busca e apreensão e cinco prisões preventivas.
Foram 40 mandados de busca e apreensão e cinco prisões preventivas.

A promotoria de justiça da comarca de Iporã emitiu nota pública detalhando as operações criminosas, embasadas na prefeitura do município, alvo da operação Cleptocracia, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO). O caso teve grande repercussão, inclusive fora do Estado.

Foram 40 mandados de busca e apreensão e cinco prisões preventivas.

A investigação aponta a liderança do prefeito Roberto da Silva, o Robertinho (PSDB), e inúmeras licitações fraudulentas, crimes de corrupção, falsidade ideológica e desvio de dinheiro público.

Os fatos apurados envolvem delitos relacionados à pavimentação do município por empresa do próprio prefeito, a construção de um frigorífico – onde ocorreu recentemente a morte de um trabalhador – e a instalação e funcionamento da Faculdade Iporã (FIP), através de ‘laranjas’ financiados com dinheiro público.

Os decretos de prisão recaíram sobre os secretários Michel Christian Uhdre (Finanças), João Pedro Gea Maruche (Compras e Licitação), o servidor público Fernando Cezar Almeida (oficial de justiça), Lucas Zago e Caroline Larita Zago Uhdre, apontada na investigação como ‘tia afetiva’ e braço direito do prefeito Robertinho.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos na residência e gabinete do prefeito afastado e dos demais envolvidos, resultando na apreensão de celulares, computadores e documentos relacionados aos crimes. Os aparelhos telefônicos estão sendo periciados.

O afastamento do prefeito, em razão do ‘foro privilegiado’, foi determinado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, que também proibiu o acesso à prefeitura e a qualquer prédio público do município, bem como contato com pessoas investigadas. A procuradora do município e os secretários envolvidos também foram afastados de suas funções.

“É oportuno ressaltar que os eventos em comemoração ao aniversário do município não possuem relação com os fatos apurados, sendo a Promotoria de Justiça de Iporã favorável à realização das tradicionais festividades”, diz a nota.

“A transparência das informações é de alta importância para o exercício da cidadania, sendo papel das instituições democráticas e da mídia independente zelar pela verdade”, conclui o texto assinado pelos promotores Alan Bolzan Witczak e Renan Guilherme Goes de Lima.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
IporãIporã - PR Iporã é um município da região noroeste do estado do Paraná, no Brasil. Sua população foi estimada em 13 926 habitantes, conforme dados do IBGE de 2019. Área: 647,9 km² População: 13 926 hab. estimativa IBGE/2019 Prefeito(a): Roberto da Silva (PSDB); (2017 – 2020) Fundação: 25 de julho de 1960 (59 anos)
Pérola - PR
Atualizado às 21h21
26°
Poucas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 16°
26°

Sensação

3.6 km/h

Vento

33.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
Pérola
Rádio
Municípios
A Rádio
Últimas notícias
Mais lidas